Porque o gosto pelo que leio surpreende-me.

.posts recentes

. Lar Doce Lar

. Luz na Neve de Anita Shre...

. A Estrela de Danielle Ste...

. Escritores que...

. A Viagem

. Casamento de Conveniência...

. Papisa Joana

. A Música das Borboletas

. O Maléfico

. O Quarto Mágico

.arquivos

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

Amante de Sonho

Depois do livro de Nora Roberts, foi a vez de explorar a escrita de Sherrilyn Kenyon, nome que dificilmente irei pronunciar devidamente. No inicio, não estava a apreciar muito, mas por estranho que pareça, isso acontece-me diversas vezes. Estava a ficar desiludida com a escritora, parecia-me apenas um livro sobre sexo, luxuria, e politeísmo. Mas fui surpreendida, é um livro histórico, com uma trama bem explorada e uma história de amor que vai além da beleza exterior e do desejo carnal. Está presente ao longo da obra o sentido de humor, a ironia, a tristeza, o medo. Um conjunto de sentimentos que se encaixam perfeitamente um nos outros, através do dom da escritora.


O livro:
No século II A.C, Julian da Macedónia, filho de Afrodite e de um terrestre foi abandonado pelos deuses no seu nascimento enviando-o para o seu pai. Amaldiçoado pela mãe, ninguém o poderia amar, pelo menos na sua primeira vida. Ao mesmo tempo, for
a protegido por Afrodite sempre que se dirigia para as frentes das batalhas espartanas, nunca saía magoado de uma guerra. Mas sem saber disto, sentia-se realmente abandonado, não tinha quem o amasse, nem a própria família.
Atena, deusa da guerra, elegeu Julian como o seu guerreiro, o que despertou no meio-irmão do espartano, Príapo, um deus mais pequeno, a inveja. Este sentimento fez com que este último amaldiçoasse o irmão para toda a eternidade, aprisionando-o num livro como um escravo de amor, que sempre que fosse invocado por uma mulher seria apenas isso, um escravo dos seus desejos mais íntimos.
Em 2002, Grace, já um bocadinho bêbeda, deixa-se levar pelas maluquices da amiga, e invoca Julian, mas algo diferente surpreende o espartano, Grace não o queria como escravo de amor. Queria mudar o destino de Julian, acabando por ficarem apaixonados , fazem de tudo para quebrar a maldição que o prendeu num livro durante 2 milénios!

 

Tenho ainda a dizer que é o primeiro livro de uma Saga que não se sabe quando chegará ao fim!


publicado por dianaemanias às 15:54

link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Dreamfinder a 7 de Fevereiro de 2011 às 19:31
Adorei!!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds